Canguaretama: POLÍTICA DO ASSISTENCIALISMO QUE NÃO DÁ MAIS CERTO


CNT: Este é um passado que não dá para continuar, e  não precisa retornar. O Povo não precisa de assistencialismo. A cidade de Canguaretama precisa de fábricas e empregos.

x
Foto: Divulgação.
Me perguntaram o porquê de não ter acontecido no município de Canguaretama o desenvolvimento que está acontecendo em São José de Mipibu, se Canguaretama teve a oportunidade de ter por três mandatos uma filha deputada estadual.

Penso assim: a ex-deputada Gesane Marinho focou o seu projeto político no assistencialismo, distribuindo frutas para as comunidades mais carentes do seu município e de sua região, o Agreste, até enquanto foi permitido pela Justiça Eleitoral. Esse projeto funcionou apenas para o seu crescimento nas urnas, talvez seu principal objetivo.

Em são José de Mipibu o pensamento dos políticos filhos da terra não se prendem apenas ao assistencialismo, se voltam para o fortalecimento de todas as camadas sociais, com investimentos em ações permanentes que beneficiam toda a coletividade, contribuindo com o progresso na região e o bem estar econômico e social da população. Essa é a diferença.




Fonte: Daltro Emerenciano