domingo, 19 de julho de 2015

Como Não Ser Chato no WhatsApp

Grupos de WhatsApp se proliferam numa velocidade estonteante e, junto com eles, cresce o clamor pelo bom senso na comunicação via celular.
Jornalista e criadora do blog “Etiqueta na Web”, Helena Duncan dá dicas de como se comportar para não se tornar mais um “chato do zap zap”.

Não é mais educado perguntar se a pessoa quer participar do grupo antes de adicioná-la?
Não perguntam porque querem praticidade na comunicação. Se for convite para evento, uma data pontual, tudo bem. Mas, em hipótese alguma, pode-se ficar chateado com quem quiser sair do grupo depois. Sem mágoas.

O que não se deve fazer?
Milhões de “kkk”. Uma pessoa riu, outra também, já foi, não precisa ecoar ainda mais. Não mande mensagem tarde da noite, tem gente que não sabe tirar o som do telefone. Se for galera noturna, não mande cedo, e por aí vai. Conversa paralela e longa entre duas pessoas enche o saco. Fale só com ela. Se você tem muitos grupos, redobre a atenção para não mandar mensagem trocada, pode ser fatal. É bom lembrar o nível de intimidade com as pessoas.

E as que mandam bom dia e boa tarde? Pode isso?
Mandar mensagem só pra isso, não. É muito irritante e desnecessário. Vá direto ao ponto. Avalie para quem você manda piada enorme e foto bizarra. O caso da salsicha contaminada que circulou há dias é exemplo de notícia falsa e alarmista. Apura antes de repassar!.

0 comentários:

Postar um comentário

OS COMENTÁRIOS SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR.

REGRAS PARA FAZER COMENTÁRIOS:
Se registrar e ser membro do Blog; Se identificar (não ser anônimo); Respeitar o outro; Não Conter insultos, agressões, ofensas e baixarias; A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica; Buscar através do seu comentário melhorias para nossa cidade.

A BOCA FALA AQUILO QUE O CORAÇÃO ESTÁ CHEIO. E O NOSSO ESTÁ CHEIO DE AMOR! JUNTOS SOMOS MAIS.