sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Vice-presidente da República, Michel Temer, Recebe Vereadores do RN

temer_vereadores

Um grupo de mais de 50 vereadores do Rio Grande do Norte foi recebido nesta quinta-feira (20) pelo vice-presidente, Michel Temer, em Brasília. Filiados à União dos Vereadores do Rio Grande do Norte (UVERN), eles pediram o empenho de Temer na liberação de recursos para amenizar o impacto da seca no estado e a participação dele num evento a ser organizado pela entidade no fim de 2015 e início de 2016. O presidente da UVERN, Bruno Melo, destacou a importância da articulação do ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, para dar andamento às demandas dos vereadores.

 Os vereadores da UVERN foram recebidos pelo ministro na noite de quarta-feira (19). Durante a audiência, ele ligou para Michel Temer e pediu que ele recebesse o grupo. Imediatamente o vice-presidente da República marcou a audiência para a manhã do dia seguinte.

No encontro com Temer, Bruno Melo, entregou, em nome da entidade, um documento com 13 itens de reivindicações. Entre elas estava a melhoria no aeroporto Dix-Sept Rosado, em Mossoró, apoio a revitalização da cajucultura, subsídio para o milho da Conab e ações de combate à seca. A pauta contemplava também o retorno dos investimentos da Petrobras no estado, as estradas da Castanha e do Cajuerio, incentivo à interiorização do turismo, transposição do Rio São Francisco e liberação de recursos federais para projetos já empenhados.

0 comentários:

Postar um comentário

OS COMENTÁRIOS SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR.

REGRAS PARA FAZER COMENTÁRIOS:
Se registrar e ser membro do Blog; Se identificar (não ser anônimo); Respeitar o outro; Não Conter insultos, agressões, ofensas e baixarias; A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica; Buscar através do seu comentário melhorias para nossa cidade.

A BOCA FALA AQUILO QUE O CORAÇÃO ESTÁ CHEIO. E O NOSSO ESTÁ CHEIO DE AMOR! JUNTOS SOMOS MAIS.