Brasil Goleia os Estados Unidos por 4x1

A Seleção Brasileira obteve a sua segunda vitória após a fraca campanha na Copa América. Na noite desta terça-feira, três dias após fazer 1 a 0 sobre a Costa Rica, a equipe de Dunga ganhou dos Estados Unidos por 4 a 1 em Foxborough. Os gols foram de Hulk, Neymar (que entrou em campo no início do segundo tempo e anotou duas vezes) e Rafinha. Williams descontou. O amistoso encerrou a preparação do Brasil para as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. A estreia será contra o Chile, em 8 de outubro, em Santiago.

O Brasil encerrou a série de amistosos com duas vitórias em dois jogos e agora espera o ChileO Brasil encerrou a série de amistosos com duas vitórias em dois jogos e agora espera o Chile

A Seleção Brasileira não demorou a ficar em vantagem em Foxborough. Aos oito minutos, Willian carregou a bola do meio para a direita, vencendo a marcação norte americana, e fez o cruzamento. Acertou a trave. Na sobra, Hulk voltou a mostrar oportunismo para clarear e chutar forte para a rede.

Com 1 a 0 no placar, o Brasil ganhou tranquilidade para impor o ritmo que queria diante dos Estados Unidos. Buscou bastante o jogo pelos lados do campo, com Fabinho e Marcelo ganhando apoio constante de Willian e Douglas Costa. No intervalo, Dunga resolveu tirar de campo os dois protagonistas do primeiro gol brasileiro. Willian e Hulk saíram para as entradas de Willian e Neymar.

E, em cinco minutos, Neymar justificou a euforia do público. Ele foi derrubado por Cameron dentro da área norte-americana. O próprio atacante se encarregou da cobrança  para ampliar o placar.

Aos 18 minutos, veio o terceiro gol. Rafinha recebeu a bola depois de tabela entre Lucas e Neymar e mostrou categoria para se desvencilhar do goleiro e de um marcador antes de completar para dentro.. Em mais uma assistência de Lucas, Neymar teve calma para aplicar dois dribles do lado esquerdo da área e anotar o seu segundo gol no amistoso.

Os Estados Unidos  conseguiu descontar. Williams arriscou a de longa distância para marcar.