domingo, 11 de outubro de 2015

#100ternada: Centenário de ABC e América é Frustante

Um ano esperado por todos ligados ao futebol do Rio Grande do Norte foi um fiasco para o Estado. Rebaixamento, tentativa frustrada de acesso e fora de qualquer divisão nacional. Este foi o desempenho nacional de ABC, América e Alecrim em seus centenários. Apenas o título Estadual amenizou o lado Alvirrubro.

Ano do centenário dos três principais clubes do Rio Grande do Norte, ABC, América e Alecrim tem pouco a ser festejado e muito a ser repensado para a temporada de 2016Ano do centenário dos três principais clubes do Rio Grande do Norte, ABC, América e Alecrim tem pouco a ser festejado e muito a ser repensado para a temporada de 2016

A temporada ruim do futebol potiguar e de seus três principais clubes não perdoou nem os jovens talentos. Os alvinegros e alvirrubros perderam as vagas na principal competição das categorias de base brasileira, a Copa São Paulo de Futebol Júnior. Palmeira de Goianinha e Santa Cruz serão nossos representantes.

Se não bastasse o desempenho pífio dos três clubes centenários, a organização do futebol local mostrou fragilidade em 2015. O Campeonato Potiguar voltou a ter queda de público. A média histórica baixou de 1.503 em 2015 para 1.240 este ano. Na divisão que dá acesso à suposta "elite" do esporte norte-rio-grandense a partida entre Atlético Potengi e Santa Cruz de Natal teve a marca negativa de um pagante. O "herói" virou tema de matéria na mídia local.

A piora qualitativa do Estado é comprovadamente também por outros números. Segundo o site Futebol Melhor ABC e América perderam sócios-torcedores em relação ao ano passado. O Alvinegro teve menos 223 associados e o Alvirrubro uma retração de 1.074. A "sangria" se deve ao desempenho em campo e o desastre nos gramados resulta em perda entre associados, enfim um círculo vicioso que termina por liquidar a combalidos economia de clubes que precisam melhorar a gestão. A projeção indica que no fim do ano o América irá ocupar a 33ª colocação com 2.846 sócios e o ABC será o 37º com 2.159 sócios.

Um exemplo clássico também demonstra o caos que tomou conta do futebol potiguar na atual temporada. É unânime, entre os especialistas, que para ter sucesso e garantir o futuro, os clubes precisam investir em categorias de base, enfim serem formadores de atleta. Nesta última semana, a Confederação Brasileira de Futebol divulgou a lista dos clubes formadores e nenhuma das associações locais faz parte da listagem.

0 comentários:

Postar um comentário

OS COMENTÁRIOS SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR.

REGRAS PARA FAZER COMENTÁRIOS:
Se registrar e ser membro do Blog; Se identificar (não ser anônimo); Respeitar o outro; Não Conter insultos, agressões, ofensas e baixarias; A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica; Buscar através do seu comentário melhorias para nossa cidade.

A BOCA FALA AQUILO QUE O CORAÇÃO ESTÁ CHEIO. E O NOSSO ESTÁ CHEIO DE AMOR! JUNTOS SOMOS MAIS.