sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Canguaretama: ACADÊMICO DIOGENES DA CUNHA LIMA, COLABORA COM A CRIAÇÃO DA ACADEMIA DE LETRAS NA CIDADE


Escrevendo a cultura potiguar

Antes do café da manhã, houve lançamento da comenda, em uma das salas da ANRL, com presença de jornalistas e gestores.  A proposta é laurear, uma vez por ano, profissionais e empresas de comunicação

O presidente da ANL, Diógenes da Cunha Lima, reforçou o papel cultural da instituição, as ações acadêmicas também alcançam outras cidades do RN, como o incentivo a criação local de Academia de Letras – caso de Ceará Mirim. “Estamos conversando com autores em Parnamirim e recentemente ajudamos a efetivar a Academia de Letras de Canguaretama (ALC). 

E entre as diversas ações citadas destacou o projeto Academia de Letrinhas, desenvolvido junto a estudantes (a partir dos 14 anos) do ensino médio e de turmas dos últimos anos do ensino fundamental. “Mensalmente recebemos a visita de alunos e professores aqui na sede da Academia, ou vamos até as escolas, para conversar sobre Educação e Cultura, distribuímos livros e incentivamos a criação de uma Academia Jovem”, informou o advogado e poeta.
 
Nosso intuito é abrir cada vez mais a ANL para a sociedade, e mostrar que também apoiamos outras questões como a criação do Parque das Dunas (em 1977); a construção do Presépio de Natal com projeto de Oscar Niemeyer, que infelizmente foi abandonado; e a recente luta para manter a escola estadual Manoel Alves, no Tirol, funcionando”.

Diógenes ainda destacou como ação da Academia o acolhimento dos ensaios da Orquestra Sinfônica do RN, que ficou sem sala desde a interdição do Teatro Alberto Maranhão por falta de segurança em julho. “Nesta terça (29) haverá ensaio a partir das 14h30, e as portas estão abertas para quem quiser apreciar boa música”, convida. A ANL fica na Rua Mipibu, 443, Petrópolis.

Academia
A Academia Norte-riograndense de Letras, fundada em 1936, possui 40 cadeiras conforme modelo da Academia francesa. Luís da Câmara Cascudo, um dos defensores do modelo francês, estava entre os primeiros imortais. Atualmente duas cadeiras estão vagas: a do jornalista, advogado e escritor Ticiano Duarte (1931-2015) e do professor de yoga e escritor José Hermógenes (1921-2015).

A cadeira de Agnelo Alves (1932-2015) foi ocupada pela escritora Eulália Duarte Barros, enquanto outras duas cadeiras aguardam posse: a primeira do jornalista, crítico e escritor Nelson Patriota, e a outra do escritor e desembargador Federal Marcelo Navarro Ribeiro Dantas.

0 comentários:

Postar um comentário

OS COMENTÁRIOS SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR.

REGRAS PARA FAZER COMENTÁRIOS:
Se registrar e ser membro do Blog; Se identificar (não ser anônimo); Respeitar o outro; Não Conter insultos, agressões, ofensas e baixarias; A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica; Buscar através do seu comentário melhorias para nossa cidade.

A BOCA FALA AQUILO QUE O CORAÇÃO ESTÁ CHEIO. E O NOSSO ESTÁ CHEIO DE AMOR! JUNTOS SOMOS MAIS.