sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Eduardo Cunha é Alvo de Nova Denúncia

A Procuradoria-geral da República solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que abra um novo inquérito para investigar o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), com base nos documentos enviados pela Suíça que comprovam que Cunha possui contas naquele país. 

O pedido precisa ser avaliado pelo ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no STF. Documentos enviados pelo Ministério Público da Suíça ao Brasil comprovam que um negócio de US$ 34,5 milhões fechado pela Petrobras em 2011, no Benin, na África, serviu para irrigar as quatro contas no país europeu que têm como beneficiários Cunha, e sua mulher, Cláudia Cordeiro Cruz.

Cunha nega titularidade de contas; advogados aguardam documentos para formular defesaCunha nega titularidade de contas; advogados aguardam documentos para formular defesa

O "giro do dinheiro", como os investigadores classificam o caminho para chegar até o parlamentar, é considerado mais relevante do que o valor bloqueado pelas autoridades suíças em 17 de abril, no total de 2,468 milhões de francos suíços, o que representa aproximadamente R$ 9,6 milhões. Cunha tem negado a titularidade de contas. As quatro contas de Cunha e da mulher receberam ao todo R$ 23,2 milhões, segundo o MP suíço.  As autoridades suíças conseguiram bloquear apenas duas das quatro contas atribuídas ao parlamentar. Isso porque o deputado encerrou as outras duas em abril e em maio do ano passado, após o início das investigações da Operação Lava Jato.

No documento, o procurador também pede investigação da mulher do deputado, Cláudia Cruz, e de uma das filhas do parlamentar, Danielle Cunha. O documento aponta indícios de que o deputado tenha cometido corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Por meio de sua assessoria, o presidente da Câmara disse que, com o novo inquérito, "poderá conhecer os dados e se defender".

Em nota divulgada na semana passada, advogados do presidente da Câmara afirmaram que o parlamentar não foi notificado nem teve acesso a qualquer procedimento investigativo que tenha por objeto atos ou condutas de sua responsabilidade e questionam o vazamento de informações das investigações protegidas por sigilo.

0 comentários:

Postar um comentário

OS COMENTÁRIOS SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR.

REGRAS PARA FAZER COMENTÁRIOS:
Se registrar e ser membro do Blog; Se identificar (não ser anônimo); Respeitar o outro; Não Conter insultos, agressões, ofensas e baixarias; A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica; Buscar através do seu comentário melhorias para nossa cidade.

A BOCA FALA AQUILO QUE O CORAÇÃO ESTÁ CHEIO. E O NOSSO ESTÁ CHEIO DE AMOR! JUNTOS SOMOS MAIS.