Polica Rodoviária Estadual já Registrou em 2015; 1.738 Infrações de Motoristas com Celulares ao Volante no RN


70945

O uso do aparelho só é permitido com o veículo estacionado


Fazer uma ligação, mandar uma mensagem ou dar uma “espiadinha” nas redes sociais podem parecer ações inofensivas, mas quando se está no volante, pode aumentar o risco de acidente, já que a falta de atenção dos motoristas durante o uso dos dispositivos pode ser pior aos reflexos do motorista do que a ingestão de álcool.

Estudo do Ministério do Transporte mostra que o uso do celular aumenta em 35% tempo de reação dos motoristas. O percentual é bem superior ao tempo médio de reação de uma pessoa alcoolizada ao volante, que é de 12% na comparação com uma pessoa normal. As informações foram divulgadas pela CNT (Confederação Nacional dos Transportes).

Com o avanço da tecnologia móvel, as pessoas falam, enviam mensagens e consultam a internet. Para burlar a fiscalização, utilizam-se do viva-voz ou usam o bluetooth, quando a voz de quem chama é enviada diretamente para o sistema de alto-falantes do veículo. Práticas que nem sequer estão previstas no código de trânsito, mas são tão ou mais graves que apenas conversar ao telefone.

O tenente Paulo Araújo, do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual da Polícia Militar do Rio Grande do Norte (CPRE), disse que somente no acumulado de janeiro a outubro de 2015 foram 1.738 infrações registradas pelo CPRE nas rodovias de todo RN. “Esse número nos revela o quanto os motoristas estão tirando sua atenção do transito e colocando em outra pessoa que nem ali está”, disse. Ainda segundo ele, mesmo parada em semáforos o uso do aparelho continua sendo proibido. “Muitos motoristas acreditam que por estarem com o veículo parado não estão desatentos, nem infringindo a lei. Porém, vale ressaltar que esses motoristas continuam em trânsito. O uso do aparelho só é permitido com o veículo estacionado. Muito mais que a multa, o cidadão deve temer pela sua vida”, acrescenta.

Punição

A infração está prevista no artigo 252, dirigir utilizando-se de fones nos ouvidos conectados a aparelhagem sonora ou de telefone celular é infração média, punida com multa de R$ 85,13.