RN Ganha Novas Opções de Voos Para Cidades da Europa

Viajar para a Europa a partir do Rio Grande do Norte ganha mais opções com o acréscimo de um voo semanal operado pela TAP, a partir de dezembro, e o início das operações da TACV Cabo Verde Linhas Aéreas, a partir desta sexta-feira (20). O anúncio da ampliação de voos da TAP foi feito ontem, pelo governador Robinson Faria, que está em Lisboa para divulgar o destino e tratar do assunto com a companhia portuguesa. A TAP já mantém três voos diretos, semanais, entre Lisboa e Natal.

O governador Robinson Faria em reunião com executivos da TAP: Novo voo a partir de dezembroO governador Robinson Faria em reunião com executivos da TAP: Novo voo a partir de dezembro

Os novos voos despontam como aposta para o Estado retomar o fluxo de turistas estrangeiros, além de oferecer  tarifas mais acessíveis para quem deseja conhecer a Europa. O diretor da TACV no Brasil, José Luiz Nogueira, aposta na combinação de  tarifas menores e tempo de viagem mais curto para em breve e dependendo da demanda expandir o número de voos. “Inicialmente, teremos um voo semanal com estimativa de 70% de ocupação da aeronave de 174 lugares, nos dois sentidos, e crescendo o fluxo, ampliar as operações em breve”, explica o executivo.

O otimismo vem com a   valorização da moeda americana frente ao real, o que faz o destino volta a ser mais atrativo e captar estrangeiros embarcando a partir da África. “Este será o maior ganho para a economia do Rio Grande do Norte, a retomada do turista estrangeiro”, disse o executivo.Cabo Verde é o principal hub africano, sendo ponto de conexão para diversos países europeus. 

O voo partindo do aeroporto Governador Aluízio Alves para a Ilha do Sal, naquele país, que será operado pela companhia, sairá às sextas-feiras, com escala em Recife. De lá até o continente africano são 3h20 de viagem. A partir de Cabo Verde - e com mais 1h20 de espera - há voos com conexão direta para Lisboa com duração de 3h20, para Paris em mais 5h20 e, da capital francesa, para Amsterdã em mais 1h20. A chegada da TACV  deve aumentar a livre concorrência e beneficiar o consumidor. Em alguns casos, quando comparados os preços praticados entre as empresas do setor, a diferença no bolso pode ser até três vezes inferior.