quinta-feira, 26 de novembro de 2015

SAÚDE!! Dos Casos Com Diagnóstico de Microcefalia no RN, Foram Registrados Cinco Óbitos; Um em Nova Cruz


 
 
 
 
 
 
 
 
A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) divulgou nesta quarta-feira (25) mais um boletim com o número de casos notificados de microcefalia no Rio Grande do Norte. O número chega a 60 notificações, de agosto a 24 de novembro de 2015.
 
As notificações foram provenientes de 16 estabelecimentos de saúde, 10 da capital e seis do interior do estado. O maior número de notificações – 11 – foi registrado pela Maternidade Escola Januário Cicco, seguida pelo Hospital Dr. José Pedro Bezerra (Santa Catarina), com 10.

Dos pacientes notificados, 22 são residentes em Natal e 38 nos demais municípios do estado. Depois de Natal, os municípios que mais notificaram foram Mossoró (5), Ceará-Mirim (4) e Parnamirim (3). Dos casos notificados 40% das mães relataram ter algum sinal e/ou sintoma de doença exantemática (manchas pelo corpo) durante a gravidez.

Dos casos com diagnóstico de microcefalia, notificados até o presente momento, foram registrados cinco óbitos: 3 em Natal, 1 em Ceará-Mirim e 1 em Nova Cruz.

Em reunião na última segunda-feira (23), a Sesap definiu um protocolo de Atenção à Saúde para atendimento às gestantes e mães com bebês diagnosticados com microcefalia. O documento define fluxo de cuidado, exames laboratoriais e de imagem. Nesta quarta-feira (24), a Sesap recebe a equipe do EPISUS (Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicado aos Serviços do Sistema Único de Saúde) do Ministério da Saúde, para realizar uma reunião a fim de traçar estratégias de investigação dos casos notificados. Todas as ocorrências devem ser obrigatoriamente notificadas à Sesap para embasar as novas ações.

A Sesap também criou em seu site (www.saude.rn.gov.br) um banner com todos os esclarecimentos à população e à imprensa sobre a microcefalia, além da disponibilização de uma Nota Técnica n° 14/5015 – SUVIGE/CPS/SESAP – RN, um formulário eletrônico – FormSUS para notificações de malformações congênitas e o formulário RESP, exclusivo para as microcefalias, para que os profissionais de saúde notifiquem os casos de fetos ou recém-nascidos ocorridos no RN.

0 comentários:

Postar um comentário

OS COMENTÁRIOS SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR.

REGRAS PARA FAZER COMENTÁRIOS:
Se registrar e ser membro do Blog; Se identificar (não ser anônimo); Respeitar o outro; Não Conter insultos, agressões, ofensas e baixarias; A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica; Buscar através do seu comentário melhorias para nossa cidade.

A BOCA FALA AQUILO QUE O CORAÇÃO ESTÁ CHEIO. E O NOSSO ESTÁ CHEIO DE AMOR! JUNTOS SOMOS MAIS.