quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Projeto que Inclui Arês e Goianinha na Região Metropolitana é Aprovado nas Comissões da AL. UMA VERGONHA PARA CANGUARETAMA!

CNT: A região metropolitana de Natal, brevemente chegará a Goianinha e Arês. 
Uma vergonha para a cidade de Canguaretama que nem isto consegue. Um município que continua parado no tempo, e a cada dia que passa se aprofunda mais num poço de atraso.
Enquanto os políticos dos municipíos vizinhos, se articulam buscando melhorias para suas cidades; os de Canguaretama continuam deixando a população esquecida.



O projeto de lei de autoria do deputado Dison Lisboa (PSD), que propõe a inclusão de Arês e Goianinha na região metropolitana de Natal, tramitou e foi aprovado por todas as comissões da Assembleia Legislativa, e agora segue para votação em plenário. Nesta quarta-feira (9), os membros da Comissão de Administração, Serviços Públicos e Trabalho, da qual Dison é presidente, aprovaram o projeto à unanimidade dos votos. A expectativa é que os 24 deputados votem a matéria no plenário na próxima terça-feira (15).


“Goianinha é uma cidade polo da região, que tem mostrado um desenvolvimento muito grande nos últimos tempos, principalmente com seu polo industrial avançado. A cidade precisava ser incluída na zona metropolitana de Natal. Assim como o município de Arês, que faz fronteira com Goianinha e também pleiteava ser contemplado”, destacou Dison Lisboa.

Integrar a Região Metropolitana de Natal trará muitas vantagens aos dois municípios. A integração regional entre as cidades será facilitada, assim como a gestão do desenvolvimento urbano poderá ser aperfeiçoada, com as políticas públicas definidas em conjunto. Arês e Goianinha poderão contar também com subsídios para financiamentos do programa federal “Minha Casa, Minha Vida”, com descontos e taxas menores dos bancos públicos. A parceria irá contribuir para a resolução de questões problemáticas, como a destinação para o lixo das cidades, abastecimento de água, esgoto, fornecimento de energia, entre outros.


Os dois municípios limitam-se com São José de Mipibu, Canguaretama, Vila Flor, Tibau do Sul, Espírito Santo, Nísia Floresta e Senador Georgino Avelino. Arês possui hoje, segundo o censo do IBGE em 2014, 13.905 habitantes, enquanto Goianinha conta com 24.889 pessoas morando no município. As duas cidades possuem, juntas, um produto interno bruto a preços correntes de R$ 420 milhões, sendo R$ 234 milhões em Arês e R$ 186 milhões em Goianinha, conforme pesquisa divulgada pelo IBGE em 2012.


O deputado estadual Tomba Farias (PSB) foi o relator do projeto e emitiu parecer favorável, sendo seguido pelo deputado Jacó Jácome (PMN) e Dison Lisboa.

0 comentários:

Postar um comentário

OS COMENTÁRIOS SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR.

REGRAS PARA FAZER COMENTÁRIOS:
Se registrar e ser membro do Blog; Se identificar (não ser anônimo); Respeitar o outro; Não Conter insultos, agressões, ofensas e baixarias; A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica; Buscar através do seu comentário melhorias para nossa cidade.

A BOCA FALA AQUILO QUE O CORAÇÃO ESTÁ CHEIO. E O NOSSO ESTÁ CHEIO DE AMOR! JUNTOS SOMOS MAIS.