Brasil Só Atingirá Universalização de Saneamento em 2054

saneamento-basico_1 (1)

Com o ritmo atual de investimentos, o Brasil levará mais quatro décadas para atingir a meta do Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab) de universalizar os serviços de coleta e tratamento de esgoto, e abastecimento de água, aponta estudo inédito da Confederação Nacional da Indústria (CNI).
O estudo Burocracia e Entraves no Setor de Saneamento, apontou que toda a população do país só será atendida com água encanada em 2043 e, com acesso à rede de esgoto, somente em 2054. Segundo as metas definidas pelo Plansab, os serviços deveriam chegar a todos os lares em 2033. A perspectiva de atraso no cumprimento da meta se deve à baixa média histórica de investimentos no setor, de R$ 7,6 bilhões por ano, no período 2002-2012.