Com 25 anos de atuação no Brasil e 400 carretas em sua frota, a catarinense Fontanella Transportes anunciou sua instalação no Polo Industrial Avançado de Goianinha. Depois da cerâmica Elizabeth, que inicia as operações nos próximos três meses, o município se prepara agora para receber uma gigante do ramo de transportes. O deputado estadual Dison Lisboa (PSD) esteve esta semana visitando a sede da empresa em Santa Catarina e comemorou a notícia.

“Goianinha vai receber a maior transportadora de cargas pesadas do país. É uma conquista fantástica para o município e toda região. Nossa participação nesse encontro em Santa Catarina foi importante porque garantimos, ao presidente da empresa e ao prefeito Júnior Rocha, que iríamos lutar junto ao Governo do Estado por meio do DER/RN pela construção dos acessos da BR-101 até o polo industrial. Essas vias são essenciais para a operação da Fontanella no Rio Grande do Norte”, defendeu o parlamentar.

Dison Lisboa destacou ainda que a Fontanella tem interesse em construir um porto seco (uma espécie de hub terrestre) em Goianinha, que serviria para armazenar a carga vinda do sul do país para ser distribuída em todo o Nordeste, o que duplicaria a quantidade de empregos a serem gerados no município. Há a possibilidade, ainda, de empresas parceiras da transportadora ao redor do país também escolherem Goianinha para fixarem suas bases.

Durante a visita à sede da empresa em Lauro Müller e Criciúma (SC), o prefeito Júnior Rocha entregou à diretoria a Lei de Doação da área que será ocupada pela transportadora. Segundo o prefeito, trata-se de uma importante aquisição para o polo industrial de Goianinha, porque além de ser um grupo de grande porte, as próximas empresas poderão contar com uma transportadora já instalada no local.

Na próxima semana uma equipe da empresa vem até Goianinha para retirar a escritura pública do terreno. O grupo de arquitetos e engenheiros também chega em seguida para vistoriar o local e prepará-lo para a construção dos galpões. “Nossa expectativa é que a edificação da estrutura já comece nos próximos meses”, finalizou Dison.




#Fonte: O potiguar