OPORTUNIDADE! Marinha Abre Concurso Para 1.860 Vagas de Fuzileiros Navais, Com Vagas Para o RN. VEJA EDITAL AQUI!

O Comando do Pessoal de Fuzileiros Navais publicou no dia 18 de janeiro o edital de convocação para o Concurso de Admissão às turmas I e II de 2017 do Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais. As inscrições estarão abertas entre os dias 1º e 29 de fevereiro e podem ser realizadas pelo site www.mar.mil.br/cgcfn, no link “concursos”, ou presencialmente, nos endereços listados no edital.


Serão 1.860 vagas, divididas da seguinte forma:
Unidades da Marinha no Rio de Janeiro – RJ: 1.218 vagas
Unidades da Marinha em Brasília – DF: 128 vagas
Batalhão de Operações Ribeirinhas em Manaus – AM: 100 vagas
Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal – RN: 99 vagas
Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário – MS: 83 vagas
Grupamento de Fuzileiros Navais de Rio Grande – RS: 76 vagas
Grupamento de Fuzileiros Navais de Salvador – BA: 65 vagas
Grupamento de Fuzileiros Navais de Belém – PA: 61 vagas
Batalhão de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica de Aramar – SP: 30 vagas

Entre os principais requisitos para inscrição estão: ser brasileiro do sexo masculino, com idade de no mínimo 18 e no máximo 21 anos em 1º de janeiro de 2017 e ter o ensino médio completo – o que é a novidade do concurso deste ano, visto que até o ano passado era exigido apenas o ensino fundamental.

A primeira etapa do processo seletivo consiste em um exame de escolaridade, com provas de Português e Matemática, a ser realizado no dia 26 de abril. Os aprovados na etapa inicial passarão ainda por verificação de dados biográficos e documentos, teste psicológico, inspeção de saúde e teste de suficiência física.

Durante o curso, os candidatos aprovados recebem uma ajuda de custo de R$642,00 por mês. Após aprovação no curso, o recruta será nomeado Soldado Fuzileiro Naval e perceberá a remuneração mensal inicial da ordem de R$1.587,00. O curso de formação terá a duração de 17 semanas e será realizado em órgãos de formação do Corpo de Fuzileiros Navais no Rio de Janeiro e em Brasília, em regime de internato e dedicação exclusiva até o dia da formatura.