Novo Tratamento Contra Câncer nos EUA dá Esperança a Pacientes Terminais de Leucemia

leucemia

Testes de um novo tratamento genético contra o câncer, que teoricamente “treina” o sistema imunológico do organismo a combater o tumor, apresentaram resultados extremamente animadores: 90% dos pacientes em estado terminal entraram em remissão após a terapia, de acordo com cientistas nos Estados Unidos.

Segundo reportagem da BBC, os resultados foram anunciados na segunda-feira, durante o encontro anual da Associação Americana para o Progresso da Ciência, em Washington. O novo tratamento consiste na modificação genética de glóbulos brancos de pacientes com leucemia. As células modificadas para combater o câncer depois são reimplantadas em seus organismos.

No entanto, os dados dos testes ainda não foram publicados ou analisados de forma independente. E acredita-se que dois pacientes tenham morrido em decorrência de uma resposta imunológica extrema de seus organismos. Para especialistas, os resultados são animadores, mas por enquanto apenas um pequeno passo em direção a uma cura para o câncer.