Primeiros Casos de Chikungunya em Natal São Confirmados

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, 9 exames deram positivo.

Diferenças e semelhanças entre dengue e chikungunya - correto (Foto: G1)A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Natal realizou uma investigação em 13 casos de pessoas com sintomas de dengue, zika vírus e chikungunya. Dos casos investigados, nenhum deu positivo para o zika vírus, mas nove foram confirmados com chikungunya. 

Destes, sete foram provenientes de Nossa Senhora da Apresentação e dois do Potengi, bairros da Zona Norte da cidade. Estes são os primeiros casos confirmados de chikungunya no Rio Grande do Norte.

Diante do cenário, o secretário municipal de Saúde, Luiz Roberto Fonseca, informou que solicitou aos profissionais de saúde ampla colaboração no sentido de estarem em alerta ao padrão de ocorrência dessas doenças. Ele também pede que os profissionais, de imediato, realizem a notificação e a requisição do exame laboratorial para pesquisa de agentes etiológicos, como forma de elucidar o diagnóstico e subsidiar as medidas de controle cabíveis, bem como à população em relação aos sintomas da doença.

“O nosso trabalho de combate ao Aedes aegypti, norteado pelo Vigiadengue, tem surtido efeito e vamos intensificar ainda mais as ações nas áreas mais críticas. Não vamos perder essa guerra. Mas, para isso, precisamos do engajamento de todos e a população é nossa parceira”, ressalta o secretário.