Bispos do RN Conhecem Programa de Vilas Produtivas do Projeto São Francisco

bispos_vila

A programação do segundo dia da visita que a Caravana Sócio-Ambiental do Regional Nordeste 2 está fazendo, ao Projeto de Integração das Águas do Rio São Francisco foi encerrada com visitas as Vilas Produtivas Rurais Cacaré, em Cajazeiras (PB) e Retiro, em Penaforte (CE). As duas vilas integram uma lista de 18 construídas pelo ministério da Integração Nacional em Pernambuco, Ceará e Paraíba. Ao todo, o Projeto São Francisco beneficiará 847 famílias que residiam na faixa de obras do empreendimento.

As vilas são constituídas por um setor residencial e um setor produtivo. O primeiro é composto por casas de alvenaria de 99 m² de área construída em lotes de meio hectare, além de rede de água, esgoto e energia elétrica, posto de saúde, escola, espaço de lazer e áreas destinadas ao comércio e à construção de templos religiosos. Já o setor produtivo tem no mínimo 5 hectares por beneficiário, sendo 1 destinado à irrigação.

“Eu não fazia ideia do que era a proporção dessa obra, e a pergunta que eu sempre faço é, como tornar isso visível, porque é uma obra que vai favorecer a nossa região, tão castigada pela seca. um fruto a caravana já está dano, é tornar isso conhecido e público através da imprensa”, explicou dom Antônio Carlos, bispo de Caicó.

O arcebispo da Arquidiocese de Natal, dom Jaime Vieira Rocha, também gostou do que viu, no Projeto de Vilas Produtivas. “A impressão foi a melhor possível. estamos vendo casas com decoração muito bonita, as plantas, o jardins, as hortas no quintal, tudo isso é muito bonito e digno. São pessoas que recebem uma qualidade de vida superior a que tinham antes, e com possibilidade de se desenvolverem cada vez”, finalizou dom Jaime.