Ex-Presidente Lula é Levado Para Depor na Sede da Polícia Federal

lula-2018A Polícia Federal (PF) deflagrou a 24ª fase da Operação Lava-Jato, apelidada de Aletheia, na qual cumpre mandado de condução coercitiva contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, quando o investigado é levado a prestar depoimento de maneira forçada. O petista ainda é alvo de mandados de busca e apreensão em sua casa, em São Bernardo do Campo (SP) e no Instituto Lula, em São Paulo. Agentes também cumprem mandados na casa do filho de Lula, Fabio Luiz Lula da Silva. Um mandado de condução coercitiva também é cumprido contra o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto.

Há buscas também em Atibaia e Guarujá, cidades que possuem imóveis atribuídos ao ex-presidente. Em São Bernardo, são cinco mandados de busca e apreensão e dois de condução coercitiva. Em Atibaia, uma condução coercitiva e duas buscas. No Guarujá, um mandado de busca. São, ao todo, 200 policiais e 30 auditores da Receita Federal em São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia. Eles cumprem 44 mandados judiciais, sendo 33 de busca e apreensão e 11 de condução coercitiva. De acordo com a PF, “são investigados os crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, entre outros, praticados por diversas pessoas no contexto de esquema criminoso revelado e relacionado à Petrobrás”.