Pressionado Pela Sociedade, Presidente da Assembleis Legislativa do RN Promete Cortar Cerca de 700 'FANTASMAS'




Pressionado pela repercussão negativa e exigência da sociedade por uma medida dura e urgente, o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PMDB), prometeu limpar os “fantasmas” do Palácio José Augusto.
Ele disse que até o final da semana vai cortar cerca de 700 cargos comissionados.

Garantiu também que até o final do ano convocará os aprovados no concurso público realizado em 2013.  Ao todo, foram disputadas 85 vagas, mas apenas 20 aprovados foram chamados até então.
O presidente, porém, diz que a sua decisão não ocorre em razão dos manifestos contra o alto número de comissionados divulgado há um mês pelo Portal da Transferência da Assembleia Legislativa. Segundo ele, decorre de medida que já havia sido tomada durante o planejamento estratégico defino ainda no ano passado.

Ezequiel Ferreira ressaltou, no entanto, que é preciso entender e respeitar o clamor social pelo equilíbrio dos gastos públicos. “E isso é legítimo. Ser capaz de transformar a Assembleia em um órgão mais eficiente como exemplo na área pública não é tarefa pouco laborosa. E esta Casa tem sido colocada em xeque por parte da sociedade, que lhe exige respostas. E não vamos nos furtar”, frisou.

Embora Ezequiel tenha dito que não as pressão não foram a razão das medidas que ele promete adotar, o fato é que a repercussão negativa dos “fantasmas” na Assembleia Legislativa revoltou a sociedade, com repercussão em todos os segmentos.
Nas redes sociais, as críticas são duras e contundentes, principalmente quando são citados nomes de “fantasmas” que sequer residem no Estado e outros que nunca visitaram Natal, onde está sediada a Casa Legislativa.

Na manhã desta terça-feira, antes do pronunciamento de Ezequiel, manifestantes ocuparam a frente do Palácio José Augusto, fantasiados de “fantasmas” e com faixas em protesto ao desperdício do dinheiro público.
Também hoje o Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN) decidiu investigar o rumoroso caso.
Já a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) anunciou que vai acionar a Justiça para que, além da exoneração os “fantasmas” devolvam o dinheiro recebido de forma ilegal.(LEIA AQUI)

Tribunal de Contas determina auditoria nas despesas com pessoal da Assembleia Legislativa
O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) determinou, em sessão realizada nesta terça-feira (01), a realização de uma auditoria na Assembleia Legislativa do RN para apurar a legalidade dos atos de gestão relativos ao quadro funcional do órgão e as despesas de pessoal deles recorrentes. A auditoria deverá ser finalizada num prazo de 90 dias.



#Fonte: Jornal de Fatp