PREOCUPANTE: Brasil Notificou 91,3 mil Casos de zika; há 1.198 bebês Com Microcefalia

De fevereiro deste ano até o dia 2 de abril foram notificados 91,3 mil casos prováveis de zika no país. O Brasil passa por uma epidemia tríplice de doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegyptijá são 802 mil casos de dengue registrados em 2016 e 39 mil de chikungunya.
O relatório do Ministério da Saúde, divulgado nesta terça (26), é o primeiro que calcula o número de notificações de zika. 

O vírus, notificado pela primeira vez no país em abril de 2015, preocupa por suas graves consequências, como a microcefalia. Desde outubro do ano passado, já foram confirmados 1.198 casos de bebês com microcefalia ou lesões no sistema nervoso, provavelmente associadas à infecção por zika. 

Há ainda outros 3.710 casos suspeitos em fase de investigação. Além disso, foram registrados 54 óbitos confirmados após o parto ou durante a gestação. 

Até o início de abril, havia ainda 7.584 grávidas com casos suspeitos de zika, sendo que 2.844 casos foram confirmados.
"Ainda não é possível se ter ideia da proporção de gestantes, infectadas pelo vírus da zika, que terão bebês com microcefalia. Até o momento, o maior número desses casos foi em mulheres que tiveram a doença no primeiro trimestre de gestação", explicou o diretor de Vigilância das Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch.