Servidores do INSS, da Previdência e da Anvisa Paralisam Atividades por 24 horas Nesta Quinta-feira (14) no RN


zzf26f1da9-1d43-4187-b009-364b0a440ae1

Servidores federais do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), da Previdência Social e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) do Rio Grande do Norte vão paralisar as suas atividades por 24 horas na próxima quinta-feira (14). O indicativo de greve acontece simultaneamente em 16 estados do Brasil, além do Distrito Federal.
Um ato público vai marcar a paralisação no Estado, das 10h às 12h do mesmo dia, em frente à agência central do INSS em Natal, localizado na Rua Apodi, no bairro do Tirol. Participam do ato servidores e representantes sindicais.
Uma das reivindicações dos servidores é o cumprimento integral dos acordos de greve previsto no Projeto de Lei nº 4250/2015, em oposição ao Projeto de Lei nº 257/2016, ambos em tramitação na Câmara dos Deputados. O acordo foi firmado após paralisação de quase três meses da categoria no ano passado.

Os servidores do INSS, da Previdência e da Anvisa também fazem frente às reformas da Previdência e do Trabalho e defendem as 30 horas semanais e melhores condições de trabalho.

No Rio Grande do Norte, a decisão pela paralisação foi ratificada em assembleia promovida pelo Sindicato dos Trabalhadores Federais em Previdência, Saúde e Trabalho do Estado (Sindprevs/RN). Para a presidente do Sindicato, servidora Fátima Caldas, os servidores deram um voto de confiança ao Governo Federal, mas seis meses após o fim da greve de 2015, nada do acordado foi cumprido.

“Foram quase três meses de negociações e a categoria retomou as atividades a partir do que foi assegurado pelo Governo. Infelizmente, essa confiança do servidor não foi respeitada e nada aconteceu”, justifica Fátima Caldas.

A paralisação vai atingir os serviços de representações do INSS, da Previdência e da Anvisa em Natal e no interior do Estado. Cerca de três mil servidores integram o quatro funcional dos órgãos no RN.