Sesap registra aumento de 546% de óbitos notificados por dengue no RN Apenas em 2016 foram notificados 84 óbitos no Estado, contra 13 em 2015.


O boletim emitido pela Subcoordenadoria de Vigilância Epidemiológica (Suvige) da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) traz os dados do monitoramento dos casos de dengue, febre do chikungunya e febre pelo vírus zika no Rio Grande do Norte.

Até a semana epidemiológica n° 14, terminada em 09 de abril de 2016, foram notificados 38.453 casos suspeitos de dengue, o que representa uma incidência de 1.191,16/100.000 hab. O comparativo com o mesmo período de 2015, quando foram notificados 16.017 casos suspeitos e incidência de 496,16/100.000 hab, mostra um aumento importante no panorama da doença.

Dos casos notificados 2.829 (7,36%) foram confirmados, 2.773 para dengue, 47 como dengue com sinais de alarme e 9 como dengue grave. Em 2015 no mesmo período foram confirmados 3.601(22,48%), para dengue foram 3.567, dengue com sinais de alarme foram 29 e 5 como dengue grave.

Em relação à incidência da doença nos municípios, o boletim mostra que em 2016,  102  municípios apresentam uma alta incidência acumulada de dengue, que são municípios que notificaram mais de 300 casos da doença por 100.000 habitantes. 33 (19,8%) com média incidência, 26 (15,6%) com baixa incidência e 6 municípios (3,6%) estão silenciosos, ou seja, não notificaram nenhum caso suspeito de dengue nesse período.