PENSOU QUE ENGANAVA!! Sérgio Machado diz que Michel Temer pediu R$ 1,5 milhão em doação ilegal para Chalita

Sérgio Machado diz que Temer pediu R$ 1,5 milhão em doação ilegal para Chalita
Pagamento teria saído dos cofres da Queiroz Galvão, segundo delação

O ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado disse, em delação premiada, que recebeu pedido de propina do presidente interino Michel Temer para financiar a campanha de Gabriel Chalita à prefeitura de São Paulo em 2012. O valor acertado entre ambos foi de R$ 1,5 milhão. O pagamento teria saído dos cofres da Queiroz Galvão, uma das empreiteiras investigadas na Operação Lava-Jato.

Delação de Sérgio Machado que cita o presidente interino Michel Temer -
Reprodução
O depoimento revela “que Chalita não estava bem na campanha; que o depoente (Sérgio Machado) foi acionado pelo senador Valdir Raupp para obter propina na forma de doação oficial para Gabriel Chalita; que posteriormente conversou com Michel Temer, na Base Aérea de Brasília, provavelmente no mês de setembro de 2012, sobre o assunto, havendo Michel Temer pedido recursos para a campanha de Gabriel Chalita”.