Ex-goleiro Bruno deixa a prisão após habeas corpus do STF


O goleiro Bruno, ex-jogador do Flamengo, deixou por volta das 19h30 desta sexta-feira, 24, a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac) de Santa Luzia, na Grande Belo Horizonte, onde cumpria pena de 22 anos e três meses de prisão pelo sequestro, assassinato e ocultação de cadáver da sua ex-amante, Eliza Samúdio, com quem teve um filho.

A defesa do jogador conseguiu no último dia 21 habeas corpus para que o atleta fosse libertado.