Carne de Jumento Deve ser Exportada por Empresa do RN


A produção de carne de asininos, ou simplesmente jumentos, deve ser iniciada pela GBI Agronegócios e Comércio em até seis meses.
Segundo a reportagem do jornal Tribuna do Norte, esse tempo é necessário para conseguir a documentação do funcionamento e construir a estrutura do frigorífico. Só em 2016, o Brasil vendeu mais de US$ 7.836.272 em carnes de cavalo, asininos e outros tipos para vários países.

A expectativa é de que com menos de um ano de vida do frigorífico, a empresa do município de Felipe Guerra também produza queijo e leite desses animais.
Por enquanto, a empresa já possui uma licença prévia do Idema/RN para inicialmente exportar.