Por Falta de Eficácia, Pesquisa Com ‘pílula do câncer’ é Suspensa

C8Qo_WBXkAA4glGApós oito meses de estudo, o governo do Estado do São Paulo resolveu, por falta de “benefício clínico significativo”, suspender a inclusão de pacientes na pesquisa que avaliava o efeito da fosfoetanolamina, a “pílula do câncer” em pacientes oncológicos. A decisão foi anunciada nesta sexta-­feira (31).

De 59 pacientes avaliados até então, apenas um, que tinha melanoma, teve melhora do quadro clínico. Esse paciente e cerca de outros 20 ainda continuarão recebendo o tratamento, conforme propunha o protocolo de pesquisa.