Justiça prorroga prisão de ex-assessor de Michel Temer e ex-governadores


IMG_4251
A Justiça negou o pedido de relaxamento de prisão feito por Tadeu Fillipelli, ex-assessor do presidente Michel Temer, pelos ex-governadores do Distrito Federal Agnelo Queiroz e José Roberto Arruda, e outros seis detidos na Operação Panatenaico, deflagrada na última terça-feira para apurar fraudes na construção do estádio Mané Garrincha, em Brasília. Todos eles tiveram ainda a prisão temporária prorrogada por mais cinco dias, a pedido da Polícia Federal.
Ao decidir, o juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, afirmou que a libertação dos investigados poderá atrapalhar a apuração, que já encontrou documentos que aparentam ser “tabelas de propina”, agendas com marcação de encontros entre investigados, o que demonstra vínculo, entre outros materiais.