Moro aceita Pedido da Defesa e Haverá Novo Depoimento do Ex-Presidente Lula

O juiz Sergio Moro aceitou o pedido da defesa e decidiu nesta sexta-feira (28) que o novo depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no dia 13 de setembro, será dado pessoalmente em Curitiba (PR).

Moro havia sugerido que o petista depusesse via videoconferência, e justificou que isso reduziria gastos do processo. No entanto, os advogados de Lula não concordaram e solicitaram a audiência presencial.

Será o segundo encontro entre o ex-presidente e o juiz da Lava Jato, e o primeiro após Moro condenar Lula por 9 anos e meio de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex no Guarujá.

O depoimento do dia 13 de setembro valerá para a ação em que Lula é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por supostamente ter obtido vantagens da empreiteira Odebrecht em contratos com a Petrobras. Entre as vantagens, está a doação de um terreno para construção da sede do Instituto Lula, em São Bernardo do Campo.