quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Ministro do STF, Edson Fachin Rejeita Suspeição e Mantém Janot nos Processos Contra Michel Temer


 Janot, que deve deixar o comando da PGR no próximo dia 17, deverá apresentar uma nova denúncia contra o peemedebista, algo que o Planalto tenta evitar a todo custo.

O pedido de suspeição foi feito no dia 8 de agosto soba alegação de que Janot age de forma pessoal em ações contra o peemedebista. Na decisão, Fachin entendeu que não houve indícios de parcialidade de Janot durante as investigações contra Temer.
No mês passado, Janot denunciou Temer ao Supremo pelo crime de corrupção passiva. O processo acabou sendo arquivado pela Câmara, depois que Temer comprou o apoio de deputados com cargos e emendas parlamentares.

A acusação foi baseada nas investigações iniciadas a partir do acordo de delação premiada da JBS. O áudio da conversa gravada pelo empresário Joesley Batista, um dos donos da empresa, com o presidente, em março, no Palácio do Jaburu, também foi uma das provas usadas no processo.

0 comentários:

Postar um comentário

OS COMENTÁRIOS SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR.

REGRAS PARA FAZER COMENTÁRIOS:
Se registrar e ser membro do Blog; Se identificar (não ser anônimo); Respeitar o outro; Não Conter insultos, agressões, ofensas e baixarias; A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica; Buscar através do seu comentário melhorias para nossa cidade.

A BOCA FALA AQUILO QUE O CORAÇÃO ESTÁ CHEIO. E O NOSSO ESTÁ CHEIO DE AMOR! JUNTOS SOMOS MAIS.