Analfabetismo Ultrapassou a Marca de 423 mil Pessoas no Rio Grande do Norte

   
 
Segundo o PactoAlfa, a taxa de 15,76% representa praticamente o dobro da média nacional (7,95%)
A população analfabeta no Rio Grande do Norte ultrapassou a marca de 423 mil pessoas de 15 anos ou mais de idade. A informação consta no Pacto pela Alfabetização dos Potiguares (PactoAlfa) disponibilizado pela secretaria estadual de Educação e Cultura (SEEC), Claudia Santa Rosa, em sua conta no Facebook nesta segunda-feira, 11.

Segundo o documento, a taxa de 15,76% representa praticamente o dobro da média nacional (7,95%) e apenas um ponto da média na Região Nordeste (16,16%). Ainda de acordo com o PactoAlfa, esse fenômeno alcança sujeitos no ápice de sua vida produtiva.

Nesta terça-feira, 12, o Governo do Estado lançará o Programa RN Alfabetizado. A cerimônia ocorrerá no auditório da Escola de Governo, às 9 horas.

Segundo o Governo, o objetivo da iniciativa é reduzir os índices de analfabetismo por meio de parcerias com órgãos públicos, sociedade civil organizada e o próprio cidadão individualmente. Para isso vai assinar na ocasião, um termo de cooperação, chamado de Pacto pela Alfabetização dos Potiguares- PactoAlfa.

Com o programa, o governo espera melhorar a taxa de analfabetismo no Rio Grande do Norte, que atualmente, de acordo com o IBGE, é de 15,76% e aumentar o índice de leitura do Estado, que é de 63,34%, conforme dados da pesquisa do Instituto Certus e Instituto de Desenvolvimento da Educação- IDE.

Através do RN Alfabetizado, o Governo do Estado pretende garantir que em quatro anos, se alfabetize 100% das crianças de até 7 anos de idade e reduzir em 50% em até 4 anos, e em 100% até 2025, a taxa de analfabetismo absoluto de pessoas a partir dos 15 anos, promovendo a inclusão delas na educação de jovens e adultos.

Comentários