Mais de 700 Presos se Inscreveram em Cursos Profissionalizantes no RN


Ao menos 36,4 mil presos foram inscritos em cursos de profissionalização do Pronatec nos últimos quatro anos, segundo o Ministério da Educação (MEC). Desse total, mais de 700 estão no sistema penitenciário do Rio Grande do Norte.


Os números foram divulgados nesta sexta-feira (22) pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). No ranking do número de presos inscritos por estados, com 729 registros, o RN figura em 12º lugar.

São Paulo e Minas Gerais lideram os casos com 9.060 e 4.539, respectivamente. Mesmo com a 13ª maior população presa do país, o Espírito Santo ocupa o terceiro lugar em inscritos no Pronatec.


O resultado ocorre após o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) apoiar o poder Executivo na inclusão de detentos de todo o país no programa. Os tribunais de Justiça, por meio de grupos de fiscalização penitenciária, dão suporte para que os internos participem da qualificação profissional