iPhone 8 chega ao Brasil sem empolgar os consumidores


O iPhone X – o “X” do nome se refere aos 10 anos do emblemático smartphone da Apple – segue sem previsão de chegada. Segundo vendedores da iPlace, a estimativa é de que o modelo comece a ser vendido no Brasil no início do ano que vem por um preço salgado: entre R$ 6,5 mil e R$ 7 mil, por causa dos impostos.
Nos Estados Unidos, ele custa US$ 1 mil ou R$ 3.310, na cotação desta sexta-feira.

Em São Paulo, termômetro de vendas, a demanda pelo iPhone 8 foi fraca: poucas pessoas ficaram em frente à única loja oficial da marca na cidade, a Apple Store, em um shopping na Zona Sul. No momento de abertura da loja, havia cerca de seis pessoas interessadas em comprar os aparelhos posicionadas na entrada e mais de dez pessoas esperando para solicitar assistência técnica.

A primeira da fila foi a comerciante Bianca Hernandes, de 25 anos, que trocou seu iPhone 6S pelo iPhone 8. Mas a visita à loja não foi exatamente planejada. “Eu vim aqui na sexta comprar o relógio Apple Watch e me avisaram que o iPhone 8 começaria a ser vendido”, contou Bianca. “Resolvi voltar e comprar os dois produtos.”

Comentários