Em Nove Dias sem PM nas Ruas, Foram Registrados Mais de 450 roubos no RN


Em nove dias sem a polícia nas ruas, o Rio Grande do Norte já registrou mais de 450 roubos e arrombamentos. Natal e Mossoró são os principais alvos dos bandidos, que estão atingindo livremente, sem o combate das forças de segurança, que paralisaram as atividades ostensivas em protesto ao atraso de salários.

O Governo do Estado não tem perspectiva de apresentar um calendário de pagamento, nem de atualizar salários, principalmente depois de o Ministério da Fazenda ter suspendido a liberação do socorro financeiro de R$ 600 milhões.

A alternativa será um plano de emergência, que prevê empréstimos ao Rio Grande do Norte junto ao Banco Mundial (VEJA AQUI). O plano está sendo elaborado por técnicos do Ministério da Fazenda, mas não há previsão de quando o processo burocrático será concluído e o empréstimo concretizado.

Enquanto isso, os policiais continuarão sem saírem às ruas, deixando a população nas mãos dos bandidos.
Na madrugada desta quinta-feira (28), mais duas lojas foram arrombadas em Mossoró (VEJA VÍDEO AQUI). Na quarta-feira (27), outras lojas do centro comercial da cidade havia sido roubadas.

Em Natal, cinco homens armados fizeram um arrastão em um quiosque de celulares dentro da loja C&A do centro da cidade, na manhã desta quinta-feira (VEJA AQUI).

Após o crime, vários estabelecimentos da avenida Rio Branco fecharam as portas, como medida de segurança.
Segundo a secretaria de Segurança do RN, a região metropolitana de Natal já registrou mais de 450 arrombamentos, roubos e furtos nos últimos nove dias. Desse total, 208 foram roubos a carros e outros tipos de veículos.

No mesmo período, em todo o estado, houve 59 homicídios, segundo o Observatório da Violência Letal Intensional (OBVIO) - instituto que contabiliza mortes deste tipo.