APÓS 100 DIAS EM GREVE, SERVIDORES DA SAÚDE DO RN SUSPENDEM PARALISAÇÃO


Após 100 dias em greve, servidores da saúde do Rio Grande do Norte decidiram voltar aos trabalhos ainda na noite desta terça-feira (20). A decisão de acabar com a paralisação foi tomada no final desta manhã, após uma assembleia da categoria.

A pauta dos servidores é a regularização do pagamento dos salários, que estão sendo depositados com vários dias de atrasos desde o ano passado. Como os salários de janeiro foram pagos, a categoria votou por retornar aos serviços já no plantão desta noite. Mas, se o governo não pagar os salários deste mês em dia, os servidores prometem parar novamente.

A greve na saúde causou problemas de atendimento na maior unidade de saúde do estado. No fim de semana passado, havia 80 pacientes em macas espalhadas no chão e pelos corredores do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal.

A situação ficou tão crítica que a diretora da unidade chegou a recomendar, no fim de semana, que as pessoas ficassem em casa para evitar acidentes nem serem vítimas da violência. Tudo porque, segundo Fátima Pinheiro, o hospital não tem condições de prestar atendimento por causa da paralisação dos servidores.