De Acordo com Laboratório da UFRN Terra Tremeu em Macéio


O tremor de terra sentido no fim da tarde de ontem, 3, em Maceió, foi de magnitude preliminar estimada em 2,5 da escala Richter, segundo o Laboratório Sismológico (LabSis) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

“Ontem, dia 03/03, às 17:30 UTC (14:30 hora local) ocorreu um tremor de terra em Maceió, de magnitude preliminar estimada em 2,5. Esse evento foi sentido em diversos bairros da cidade e foi registrado por diversas estações operadas pela UFRN no Nordeste”, expõe a nota disponibilizada no blog Sismos do Nordeste, do LabSis/UFRN.

Já o radar da Universidade de São Paulo (USP) registrou um abalo sísmico em Satuba, município da região da Grande Maceió, horas depois da população da capital alagoana ter sentido o abalo sísmico na tarde do sábado. O tremor foi de magnitude 2,4 e aconteceu às 17h30, segundo o centro.

De acordo com a escala Richter, que mede a magnitude local de tremores de um sismo, um tremor de dimensão 2,5 é considerado muito pequeno, podendo não ser sentido pela população e nem causar danos.

A dimensão da magnitude do tremor divulgada até o momento corresponde a uma previsão, já que só após estudos mais aprofundados é possível ter o valor exato da pontuação na escala Richter.

O tremor de terra foi sentido em diversos bairros da capital alagoana, registrando rachaduras em ruas e imóveis e provocando pânico na população.

No mesmo dia, choveu em Maceió 43% do previsto para todo o mês de março, em apenas seis horas, entre a madrugada e a manhã deste sábado. Uma cratera chegou a ser formada na avaenid alitorânea.