INTERNACIONAL!! ONU Espera que Caso Lula siga 'devido processo legal'


Na ONU, a situação brasileira e a tensão política têm sido alvo de
Na ONU, a situação brasileira e a tensão política têm sido alvo de "preocupação"

O Alto Comissariado da ONU para Direitos Humanos espera que o caso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva siga o "devido processo legal" e confirma oficialmente que está acompanhando a situação no Brasil.

"O processo contra Lula está tramitando no sistema legal. Claro, estamos acompanhando os acontecimentos", disse Elizabeth Throssell, porta-voz do Escritório de Direitos Humanos da ONU, durante uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira, 6, em Genebra.
Throssell ainda indicou que, se for alertada sobre alguma violação grave de direitos humanos, seu escritório irá "examinar" a situação. "Houve uma decisão tomada pelo Supremo Tribunal Federal de que Lula deve ir para a prisão. O caso dele tramita pelo sistema", disse. "Esperamos que o caso siga o devido processo legal", insistiu.

Na ONU, a situação brasileira e a tensão política têm sido alvo de "preocupação". Mas não é apenas o caso de Lula que atrai a atenção da organização. O jornal O Estado de S. Paulo apurou que chamou a atenção da entidade os ônibus atingidos por tiros enquanto integravam a caravana do ex-presidente pelo Sul do País, na semana passada. O incidente, ainda que esteja sendo investigado, foi tratado internamente na ONU como um "sinal negativo" do clima de tensão no País.

Alertas

O cenário ganhou ainda um novo elemento diante das palavras do comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, que soaram os alertas dentro do órgão internacional.

Na ONU, o caso de Lula foi levado ao Comitê de Direitos Humanos Nações Unidas em julho de 2016, pelo advogado Geoffrey Robertson A denúncia central era de que o juiz federal Sérgio Moro estaria sendo parcial no julgamento do ex-presidente. Em outubro daquele ano, as equipes legais da ONU aceitaram dar início ao exame.