Marco Maia: Pesquisa Datafolha deixa Globo e Sergio Moro Desesperados

“A verdadeira intenção da prisão política é dar continuidade ao golpe e impedir a sua candidatura. Por isso, querem afastá-lo. Nós precisamos sair às ruas, resistir, lutar e mostrar que isso não é justiça, é perseguição”.

Para o congressista, os golpistas não aceitam a candidatura de Lula porque ele representa os interesses do povo brasileiro nessas eleições. “Ele é o maior presidente da história política do nosso país e segue liderando todos os cenários. Por isso, ele é o nosso presidente, não tem plano B ou C, o plano é L. É Lula para mudar e transformar o nosso Brasil”, afirmou.

Segundo a pesquisa, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ) aparece na segunda posição, com 15%. Na sequência aparecem a ex-senadora Marina Silva (Rede), com 10%, o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa, com 8%, o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), com 6%, o ex-ministro Ciro Gomes PDT), com 5%, o senador Alvaro Dias (Podemos), com 3%, a deputada estadual pelo Rio Grande do Sul Manuela D'Ávila (PCdoB), com 2%, o senador Fernando Collor (PTC), com 1%, o ex-ministro Henrique Meirelles (PSD), com 1%, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), com 1%, e o dono da Riachuelo, Flávio Rocha (PRB), com 1%.





#Fonte: Brasil 247